Imagens fortes

Cadela morde ouriço e é ferida com mais de 500 espinhos em Caçador

A quantidade de ferrões que ficaram presos no animal surpreendeu os veterinários

Uma cadela de estimação ficou ferida com mais de 500 espinhos depois de morder um ouriço na entrada da linha Rio Bugre, em Caçador, nesse final de semana. A quantidade de ferrões surpreendeu até mesmo os veterinários que socorreram o animal. Apesar do susto, ela passa bem.

O episódio aconteceu na madrugada de sexta-feira, 14, em uma propriedade rural situada próxima à empresa Fezer. Pela manhã, o dono percebeu o que havia acontecido e procurou ajuda em uma clínica veterinária.

O caso ganhou repercussão nas redes sociais após serem publicadas imagens do animal. O médico veterinário Rafael Ferlin, que realizou o atendimento, conta que foram necessárias mais de 1h30 para remover todos os espinhos. “Bateu recorde. Nunca vi uma quantidade assim”, relata.

Segundo o profissional, a cadelinha foi sedada e os espinhos foram removidos, um a um. Ela passa bem e no mesmo dia voltou para sua casa recuperada. O veterinário adverte para procurar ajuda profissional nesses casos.

“Geralmente, as pessoas tentam tirar os espinhos em casa com um alicate, mas isso não é recomendável, a não ser que seja pouquíssima quantidade e em local que não seja sensível. O espinho possui uma parte preta que tem uma espécie de anzol, e se não retirar com técnica e com o animal sedado essa ponta acaba quebrando no subcutâneo e pode causar uma inflamação séria”, explica Rafael.

De acordo com a clínica, atendimentos dessa natureza são bastante comuns: em média, uma vez por semana. As principais vítimas são cães domésticos de pequeno porte que habitam áreas urbanas, onde os ouriços vão em busca de comida.



Comentários (1)

Leitor

17/06/2019 17:38

tinha que largar uns ouriços la em Brasilia, especificadamente dentro do Palácio do Planalto.

Deixe seu comentário