Doença

Vigilância Epidemiológica intensifica imunização contra febre amarela

A confirmação de um caso da enfermidade no Paraná colocou em alerta Santa Catarina

A Vigilância Epidemiológica de Caçador reuniu na última quinta-feira, 7, os representantes do setor de saúde das empresas com base florestal para intensificar a imunização contra a doença. As enfermeiras da Vigilância, Paula Xavier e Nara Tesk, repassaram as orientações do Ministério da Saúde, após a confirmação de um caso da enfermidade no Paraná. 

“Juntamente com as informações, os participantes levaram a tarefa de realizar um levantamento do número de vacinas que serão necessárias para imunizar os funcionários, com esta informação as doses serão repassadas para as empresas realizarem as aplicações”, destaca o diretor, Célio Becker.

“Aproveitamos, também, para criar um grupo, em um meio de comunicação, no qual trocaremos informações e sanaremos dúvidas que possam surgir durante a campanha”, comenta Célio. 

A vacina contra febre amarela é destinada a pessoas com idades entre 9 meses e 59 anos. Quem ainda não tomou, deve procurar a sala de vacina mais próxima de sua residência. 

Onde procurar?

Os postos de saúde do Martello, Caic, Bom Sucesso, Berger, Municípios, Santa Catarina, Clínica Materno Infantil e o de Taquara Verde possuem as salas de vacina. O atendimento ocorre das 8h30 às 11h30 e das 13h30 até às 16h30. Aqueles que não se recordam se tomaram a dose, devem ir até uma destas unidades, portando a caderneta de vacina, para tirar a dúvida. 

“A febre amarela é uma doença que mata. É preciso se imunizar para evitar os riscos”, finaliza o diretor da Vigilância Epidemiológica, Célio Becker.

A população que tiver dúvidas sobre a Febre Amarela, bem como outras patologias, pode entrar em contato com o setor Epidemiológico da Secretaria de Saúde pelo fone (49) 3561-0910 e  (49) 3561-0914.



Comentários (0)


Deixe seu comentário