Força-tarefa

Operação apreende mais de meia tonelada de produtos em mercados

Ao todo, cinco estabelecimentos de Caçador foram fiscalizados pelas autoridades

Cinco mercados de Caçador foram vistoriados nessa quarta-feira, 15, durante uma operação conjunta coordenada pelo Ministério Público. A força-tarefa resultou na apreensão de 670 quilos de produtos impróprios para o consumo ou sem procedência.


Material foi apreendido pela Polícia Militar Ambiental de Caçador

Participaram da ação a Polícia Militar Ambiental, Polícia Militar, Cidasc, Mapa e Vigilância Sanitária estadual. A operação também foi realizada nesta semana na cidade de Rio das Antas e em outros estabelecimentos.

De acordo com informações, a fiscalização mirou os produtos de origem animal e vegetal, como carne (maioria), queijo, mortadela e outros. Várias mercadorias estavam com a validade vencida, condicionadas de forma irregular ou sem especificar a origem.

O material foi recolhido pela Polícia Ambiental e destinado ao aterro sanitário de Caçador, onde foi inutilizado com aplicação de iodo. O objetivo da operação foi retirar de circulação produtos que, devido às irregularidades, fazem mal à saúde do consumidor.



Comentários (33)

João

17/02/2017 19:40

Iiii! Aqui no martelo não dá pra mandar crianças em sertas mercearias quando não mandam produtos estragado eles logram no peso, isso quando não dão o troco errado

xitãosinho

17/02/2017 19:32

Queria que o jornal trocese o destino do meu irmã papagaio prezo na operação?

Profº Pardal

17/02/2017 19:27

AO FISCAL (Comentários) Se este sujeito é fiscal, podemos entender pela escrita, porque as coisas não andam! Mas se não é fiscal concursado, pode auxiliar na fiscalização, tornando conhecidas as irregularidades. Não adianta levar à Vigilância, pois esta só sabe fiscalizar postos de lavação!

Leitor

17/02/2017 11:45

Eu também acho que tem que divulga o nome dos mercados acho que é direito do consumidor saber

Agente da fofoca

17/02/2017 09:34

Muito boa a iniciativa! Parece que as coisas só funcionam quando o MP se envolve. Mas e os órgãos responsáveis pela fiscalização, onde estão? Temos uma gama de órgãos brigando por competências, mas vontade nenhum tem! Outro detalhe: não se pode comunicar antecipadamente nem os órgãos envolvidos, pois na terça feira, todos os mercadistas sabiam da operação! O consumidor só pode dizer: SOCCOOORRRRROOOOO!

Indignados?????

17/02/2017 09:05

Ja fazia tempo que nao era feito tal fiscalizçao, isso tem que ser feito a cada seis meses, E PARA OS INDIGNADOS, SE QUEREM TANTO AJUDAR FAÇAM UMA VISITA A QUEM PRECISA E COLABOREM, SE AS CARNES FORAM RETIRADAS DE CIRCULAÇAO É POR SEREM IMPROPRIAS PARA CONSUMO, E OS QUE SE DIZEM INDIGNDOS QUEREM DAR PRODUTOS ESTRAGADOS A QUEM TA COM NECESSIDADE? Nos pouem desse tipo de comentario besta.

eu

17/02/2017 08:26

tem que fazer estas fiscalizaçao aqui no bairro martelo so uma dica?

fiscal

17/02/2017 08:25

ta um dos mercados mais sujos nojentos imundos ,e com muitos produtos podres e com validade vencida fica na Fado Thomé, e sua matriz no Martello,ele é muito sujo ,nojento,com muitos produtos vencidos,carnes sem procedencia,,produtos com larvas,tem mais mais este foi o pior ,a fiscal disse nunca ter visto coisa tão imunda,vai voltar mais vezes la ,porque isso é um risco a população,o mercadinho do gioppo é podre d desde sempre ,mais não oferece muito risco poruqe tem poucos fregueses,mais tudo estava irregular,,mais havera muito mais destas operação,tem uma rede de supermercado aqui que tem mais de 200 denuncias,e também um grande supermercado que foram encontrados e denunciados por ter pão com larvas estes seram os proximos,se você for a um estabelecimento e encontrar irregularidade denuncie VIGILÂNCIA A CIDASC, porque o procon de Caçador não serve pra nada

Bibelo

17/02/2017 00:39

Excelente ação....e Se ainda desse tempo teria um pedido... por favor força tarefa passe aqui em casa...tem uma coisa imprópria pra consumo faz tempo...depois que ficou viúva ninguém mais consumiu...dona Alcione minha sogra e a procedência dela é duvidosa também...dizem que veio do paraná...mas tem cara de baiana...

Atenção

17/02/2017 00:33

Por favor aproveito a matéria, fiscalizem urgente outros estabelecimentos.A falta de higiene/ mas só sabe quem trabalha la dentro...Fica a dica

taruma

16/02/2017 23:13

eeee eles deveriam verificar as mercearias e bares da vila kurtz e lotiamento taruma aprenderian uma carreta de produtos vencidos cansei de comprar e ir destrocar e nao e so uma mercearia sao todas........

Cliente

16/02/2017 23:11

A fiscalização esteve em um estabelecimento e apreendeu carne por que estava congelada e apreendeu levaram também o papagaio só que a fiscalização não explicou se o papagaio estava vencido ou congelado

Consumidora.

16/02/2017 22:51

Que mania de jogar comida fora! Caçador tem mta gente pobre e tbm mta gte abaixo da linha da pobreza. Pega os apreendidos dentro da validade e as assistentes sociais e saem distribuindo a quem precisa. Deus enxerga essas barbaridades de jogar comida fora. Isso não se faz!!!! Mas o ato de fiscalizar, achei otimo.

Leitora

16/02/2017 21:23

Acho que deveriam divulgar o nome dos supermercados não é justo com nós consumidores.

leitor

16/02/2017 21:05

um deles na rua amazonas em frente o tabajara

MPF atento

16/02/2017 20:13

Se for fazer em todos os estabelecimentos vai ter algum tipo de irregularidade em 99.9% dos locais. Então o melhor é sempre ver a data de validade antes de comprar.

Leitor

16/02/2017 19:29

Parabéns.pagamos carro por esses alimentos temos o direito de comprar coisa boa e não com validade vencida

Caçadorense

16/02/2017 19:15

Parabéns aos participantes! Parece que estes flagrantes denotam a conivência ou omissão da Vigilância Sanitária! Sem contar com as carnes furtadas e vendidas em Caçador e região. Precisaria também com urgência, fiscalizar os abatedouros. Pena que agora só daqui uns cinco anos é que voltarão a fiscalizar, e o PROCON, VIGILÂNCIA E CIDASC? Em todo o tempo, até parece que não existem!

Olho Crítico

16/02/2017 19:11

Parabéns à força tarefa! Nós consumidores sentimo-nos impotentes mesmo flagrando tais ilegalidades e quando reclamados, ainda riem de nossas atitudes! Precisaríamos de um PROCON mais eficiente e menos politiqueiro, pois quando buscamos ajuda, demoram 03 ou 04 dias e provavelmente comunicam antecipadamente o estabelecimento comercial. Parabéns! Ah, e a Vigilância Sanitária?

Cidadão

16/02/2017 19:07

Na minha opinião o trabalho deve ser feito em todos os estabelecimentos, tempo é o que não falta pra a fiscalização e a polícia ambiental, um dia é muito pouco pra isso, esse trabalho deve ser feito o ano todo.

Leitor

16/02/2017 18:56

Parabéns! Essas carnes em bandejas e a vácuo são uma porcaria. Para piorar ficam em expositores em temperatura inadequada. Infelizmente, nesta cidade não existe um açougue como em outros lugares, que vende apenas carne fresca e com funcionários qualificados.

observador

16/02/2017 18:52

Porque será que a vigilância sanitária ESTADUAL teve que vir para autuar ? Por acaso não tem vigilância sanitária na cidade ?

rapaz com cancer

16/02/2017 17:35

o produto esta 100% improprio? Notem que tem uma familia passando fome, visto que o pai está com cancer, desempregado e o auxlio doença emperrado, por conta da burocracia....

indignada

16/02/2017 16:26

Agora mesmo estava lendo a reportagem de um rapaz q está passando fome... e jogar comida fora... que ódio... de para quem precisa... ????????

Caçadorense indignado

16/02/2017 16:20

Gostaria muito de ver operações para alimentar os famintos ,ajudar pessoas carentes ... Sem desmerecer a ética e a importância da fiscalização realizada em questão!

Fabiano

16/02/2017 16:01

Parabéns pela atitude do poder publico tem que revela os nomes dos mercados!!!

cidadaõ pobre

16/02/2017 15:49

puta que pariu eu com fome e vocies jogando comida fora que sacanage

senhora idosa

16/02/2017 15:36

Parabéns a todos vocês, há tempos isto era necessário. Agora precisam vistoriar mercearias , verdureiras e restaurantes que não batem cupom fiscal.

CONSUMIDOR

16/02/2017 15:36

SOMENTE EM "CINCO" SUPERMERCADOS 670 Kg...E OS RESTANTES?

wilibaldo keller

16/02/2017 14:56

Só faltou a divulgação dos nomes dos estabelecimentos que praticam tal irregularidade

Cliente

16/02/2017 14:48

Quais estabelecimentos?

LEITOR 1

16/02/2017 14:48

TENQUE DIVULGAR O NOME DOS MERCADOS PARA NOS CONSUMIDORES FICARMOS ATENTOS , PENSE SO DEPOIS FICAMOS DOENTES E NAO SABEMOS PORQUE ISSO É O FIM DO MUNDO MESMO !!!

comsumidor

16/02/2017 14:28

como consumidores temos o direito de saber quais sao os mercados......

Deixe seu comentário