Saúde
Vacinação contra a febre amarela é incentivada em Caçador
Ao total, 162 munícipios em Santa Catarina tem áreas de recomendação de vacinas
Comentários da matéria Diminuir o tamanho da letraAumentar o tamanho da letra
Caçador Online  |  11/01/2017 12:02

O incentivo à imunização contra a febre amarela está sendo reforçado pelo Ministério da Saúde e pela Secretaria de Estado da Saúde em razão das notificações de 12 casos e cinco óbitos suspeitos de febre amarela, em seis municípios de Minas Gerais. Ao total, 162 munícipios em Santa Catarina tem áreas de recomendação de vacinas.

foto1
clique na foto para ampliar

Na região os municípios de Arroio Trinta, Caçador, Fraiburgo, Iomerê, Pinheiro Preto, Salto Veloso, Tangará, Treze Tílias e Videira também estão na relação de cidades incentivas para efeturar as vacinas. Apesar de Santa Catarina não registrar casos de febre amarela em humanos desde 1966, a vacinação contra a doença é indicada para 100% da população dos 162 municípios catarinenses que integram a Área com Recomendação de Vacina contra Febre Amarela (ACRV).

Além da população residente nestes municípios, a vacinação é recomendada para todos as pessoas que residem ou viajam para regiões silvestres, rurais ou de mata de qualquer um dos 3.530 municípios brasileiros considerados ACRV. Essas cidades são localizadas em todos os estados das regiões Norte e Centro-Oeste; em Minas Gerais e no Maranhão e em alguns municípios do Piauí, Bahia, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

De acordo com Eduardo Macário, diretor da Vigilância Epidemiológica de SC, quem ainda não é vacinado e pretende viajar para essas áreas deve procurar um posto de vacinação pelo menos dez dias antes da viagem.

“Pessoas que ainda não foram vacinadas ou que receberam apenas uma dose há mais de dez anos, devem se vacinar contra a febre amarela. A vacina é indicada para as pessoas acima de nove meses de idade, tendo eficácia de 95%, produzindo anticorpos protetores a partir do 10º dia após a vacinação”, alerta.

A imunização oferece total proteção contra a doença, que pode ter curta duração ou evoluir para formas graves e levar até mesmo à morte. A vacina é gratuita e está disponível nas salas de vacinação das unidades de saúde pública de Santa Catarina.

Comentários (1)
 

11/01/2017 12:28 - Redução do $ dos vereadores.
Redução das mordomias e do salário dos veriadores . Isso sim iria ajudar a saúde no município. Aplicar o dinheiro público onde realmente é necessário.

Deixe seu comentário
Os comentários não representam a opinião do Portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Comentários com ofensas pessoais, publicitários, de cunho político e palavras de baixo calão serão excluídos.
* Identificação:
* Comentário:
 
 
Em Brasília - 22/02/2017 11:45
Conselho Consultivo do hospital Maicé visita 19 deputados federais
O objetivo foi buscar recursos para compra de equipamentos e para as obras
Trabalho - 22/02/2017 11:31
Sine de Caçador divulga seis oportunidades de emprego
Os candidatos devem comparecer pessoalmente no posto do Sine no bairro Berger
Data - 22/02/2017 10:58
Deputado Cobalchini lembra Dia do Imigrante Italiano
Conforme pesquisa do IBGE, existem 30 milhões de ítalo-brasileiros no Brasil
Fatalidade - 22/02/2017 10:20
Professora de Calmon morre em trágico acidente na BR 153
Luzia Ionara, assessora da ex-prefeita Ivone De Geroni, morreu no local
Crime - 22/02/2017 07:29
Assaltantes amarram médico e roubam camionete, pistola e cofre
A vítima de 60 anos conseguiu ajuda numa casa que fica a poucos metros do local
Esporte - 21/02/2017 23:08
Caçador volta ao futebol profissional masculino
Tricolor do Contestado vai montar time para disputar a Série C do Estadual
Polícia Civil - 21/02/2017 21:19
Delegado pede ajuda para encontrar donos de objetos
Pertences estão apreendidos na delegacia e até agora ninguém procurou por eles
Câmara - 21/02/2017 21:06
Aprovado projeto que institui a Guarda Municipal
Além do trânsito, agentes voltarão a cuidar do patrimônio, por exemplo