0,0 mm
22,3°C
 
Crônicas
Comentários da matéria Diminuir o tamanho da letraAumentar o tamanho da letra
Atualizado em  |  25/03/2009 02:31
Perfil
Márcio Roberto Goes
marciogrm@yahoo.com.br

Professor de Língua Portuguesa, língua Espanhola e suas respectivas literaturas, efetivo na rede estadual de ensino de Santa Catarina, graduado em Letras pela Unc, antigo campus de Caçador e especialista em análise e produção textual pela FAVEST. Escritor, palestrante, diretor artístico e locutor da Web rádio Ativa Caçador. Membro da Academia Caçadorense de Letras e Artes.

Por volta das dez e meia, voltava eu da missa dominical e entrava em meu quarto a fim de me trocar... Sabe, tirar aquela roupa domingueira e pôr a roupa de gente normal ficar em casa... Pois bem, nem terminava de desabotoar minha camisa quando meus cães farejadores de gente anunciavam a presença de algum ser humano desconhecido deles... Fui atender. Eram dois senhores, meia idade, camisa e calça social, óculos, cada um com uma pasta preta, pareciam um tanto cansados, já haviam caminhado um bom tando naquela manhã, um deles tomou a iniciativa de puxar a conversa:

- Bom-dia! Tem um minuto da sua atenção?

Diante de uma pessoa tão educada, é impossível negar alguns minutos de minha preciosa atenção... Tratavam-se de Testemunhas de Jeová, e estavam falando de Jesus de porta em porta... Ouvi com atenção e conversamos muito mais do que alguns minutos... Ora! Todos sabem que sou Católico Apostólico Romano. Por que então eu devia dar trela para eles?... Bem! Todos sabem também que sou comunista, e entre outros aspectos, os comunistas defendem a pluralidade religiosa.

Mas é possível existir um comunista cristão? Ou ainda, um comunista Católico Apostólico Romano?... Apesar de muitos líderes da Igreja não acreditarem, é possível sim... e digo mais: O próprio Jesus ensinou muitas coisas que hoje são adotadas pelo comunismo, um grande exemplo disso foi a “multiplicação” dos pães, que nada mais é do que a partilha. Quando todos colocarem em comum o que têm, todos terão muito mais do que o suficiente para sobreviver. Isso tudo os cristãos pregam a todo momento, sejam evangélicos ou Católicos, adeptos da Teologia da Libertação, das CEBs ou da Renovação Carismática... Todos, absolutamente todos pregam a partilha, o comunismo também.

É bem verdade que, com o decorrer da história, os capitalistas conseguiram deturbar os fundamentos de Marx, tornando-o quase um anti-Cristo, mas isso aconteceu porque haviam muitos gigantes capitalistas que jamais admitiram e jamais admitirão perder parte do capital para partilhar com aqueles que não têm nada. Essa é a luta comunista, colocar tudo em comum, para que todos tenham dignidade e qualidade de vida. Jesus pregou isso há dois milênios... Esse é o sonho da sociedade perfeita... Não quero acreditar que Jesus era Capitalista, e não o era.

Por fim, gostaria de destacar a importância de se difundir o cristianismo de porta em porta, coisa que muitos católicos não têm coragem, e de recebermos bem estes missionários, fazer a nossa parte, já que a deles está sendo feita. E nesta semana em que o PCdoB completa oitenta e sete anos de Brasil, no mesmo dia do aniversário de Caçador, gostaria de terminar com duas perguntas feitas a mim por um sacerdote quando eu expunha a dificuldade de assumir minha ideologia na Igreja:

Atualmente, Jesus Cristo escolheria o comunismo, ou o capitalismo?
 Para um cristão, é melhor ser comunista, ou hipócrita?

Márcio Roberto Goes
www.marciogoes.com.br
www.cacador.net
Jornal Informe, Caçador - SC


15/12/2014 18:43
Energia vital do universo
Júlio César Moschetta da Silva
15/12/2014 10:34
Catarinenses pretendem gastar mais nas compras de Natal
Leila Longo Romão
12/12/2014 17:09
Revista IDEIA – 3ª edição e muito mais...
Lidiane Cattani
12/12/2014 13:28
Extraordinário
Márcio Roberto Goes